Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Crie seu próprio Site Grátis! Templates Incríveis em HTML5/CSS3, Galerias de Fotos, Widgets, Publicação do Site e muito mais!
Menu

Rating: 2.9/5 (800 votos)

ONLINE
1






LInks para outros sites sobre o assunto:

Escala 1 Sexto

Forum GIJOE Brasil

Louco por Bonecos

Webmaster

 

Contador de Visitas:

 

 

 
Falcon - O Herói de Verdade!
Histórico do GI JOE

Photobucket


 


      A História do GI JOE. 1963 - A saga G.I. Joe teve seu início em 1963, quando o agente Stan Weston, inspirado por um programa de TV chamado “The Lieutenant” (O Tenente), decide levar sua idéia de criar soldados articuláveis para Don Levine (designer da Hasbro). Levine junta-se à sua equipe, e começa a desenvolver a idéia do projeto. A partir deste momento, a história dos brinquedos nunca mais seria a mesma.


     1964 - Com o nome baseado no filme "The Story of G.I. Joe" , a série G.I. Joe faz sua estréia no mercado. Com aproximadamente 30 cm, e 21 pontos articuláveis, a idéia era de produzir um brinquedo novo, diferente dos convencionais carrinhos e trenzinhos, que fizesse o mesmo sucesso que a boneca fazia entre as meninas, torna-se a primeira "Figura de Ação" criada em todo o Mundo.


     1966 - Em meio a tantos lançamentos (75 em três anos), e aproveitando o crescimento, a Hasbro decide lançar alguns projetos diferentes, entre eles a primeira personagem feminina, G.I. Nurse (Enfermeira). Sendo esta, um total fracasso (embora hoje, seja uma das figuras mais valorizadas e procuradas).


     1967 - A linha G.I. Joe se expande e inclui figuras com sons (Os raríssimos e famosos Talk Commander). - A Hasbro do Canadá produz o primeiro personagem estrangeiro, o Canadian Mountie set (Polícia Montada). - Depois de três anos como sucesso de vendas, a procura por G.I Joes começa a diminuir. A Hasbro, então, decide rever seu projeto.


     1969 - Com as vendas ainda em queda, a Hasbro decide mudar o rumo da série e, após cobrir todas as categorias das Forças Armadas Americanas e algumas outras estrangeiras, decide aposentar o G.I. Joe do serviço militar, e torná-lo um aventureiro. Além disso, a Hasbro decide que o nome "G.I. Joe" não representará apenas figuras de ação, mas uma linha de produtos inteira (nasce a marca G.I. Joe). - Mesmo após tornar-se um aventureiro, suas vendas continuam a diminuir.


     1970 - Após a queda dos últimos anos, a sorte muda de lado e a linha G.I. Joe começa a crescer. Parecia que agora, com uma "nova" identidade, e assumindo novos elementos e tarefas, a saga G.I. Joe atingia um novo patamar. G.I. Joe "conhece" quatro novos aliados (juntos, eles formariam a G.I. Joe Adventure Team. - A Equipe de Aventura torna-se um sucesso maior do que a linha militar havia sido, e a partir deste momento, e com a ajuda do lançamento de novos veículos, as vendas retomam seu crescimento. - Com o seu novo conceito de realismo, G.I. Joe recebe cabelo e barba (antes disso seu cabelo era pintado). - É criado o logo "AT", para designar a Equipe de Aventura (Adventure Team).


 


Primeiros membros do Adventure Team


 


     1974 - Derivando de sua nova fase, G.I. Joe e a Equipe de Aventura entram na mania "Kung Fu", e algumas figuras são lançadas com a mão imitando um golpe Kung Fu (Kung Fu Grip).


     1975 - G.I. Joe cria novos personagens, entre eles Mike Power, e o guerreiro biônico "Atomic Man", para competir com "O Homem de 6 Milhões de Dólares" fabricado pela Mattel. Mais de um milhão de figuras são vendidas durante o ano.


Chegada do Mike Power    Atomic Man


     1976 - Uma nova diminuição nas vendas atinge o herói. - A estrutura do corpo de G.I. Joe sofre uma mudança, e uma característica mais "musculosa" é incluída. Isso pode ser notado no personagem "Bulletman" (o primeiro membro da equipe que era um super-humano). - A linha se expande novamente, e é criada a série "Eagle Eye" (Olhos de Águia - olhos que se viravam ao se mover uma pequena chave atrás da cabeça). - Lançadas as figuras "The Intruders" (alienígenas com braços que apertavam) como inimigos da Equipe de Aventura.


     1977 - Uma mudança radical atinge a série G.I. Joe. As figuras com 30 cm deixam de ser fabricadas, e inicia-se a produção de uma nova série, o "Super Joe", com aproximadamente 20 cm. Esta nova série não tinha o "G.I." no nome original e, embora quisesse manter o espírito da Equipe de Aventura, não conseguia capturar o interesse das crianças. Com o enredo montado basicamente em aventuras espaciais, o grupo era constituído por diversos aliados super-heróis e muitos inimigos alienígenas.


     1978 - Sem conseguir manter uma consistência em seus lançamentos, e devido a uma crise no mercado do petróleo (principal matéria-prima para produção do plástico), a linha G.I. Joe leva o seu maior golpe, e deixa de ser fabricada.


     1982 - Após um recesso de quatro anos, a linha G.I. Joe retorna, com características diferentes: com 10 cm (seguindo o padrão Star Wars), uma definição de nome diferente, "A Real American Hero" (Um Herói Americano Real), menos pontos articuláveis que sua versão maior e, agora, com cada personagem tendo uma característica e história própria. - Iniciava o programa de união G.I. Joe e Marvel Comics com lançamento de 45 licenças de produtos durante o primeiro ano. Incluindo as histórias em quadrinhos.


     1983 - Com a chave do sucesso nas mãos, a nova linha G. I. Joe destacava-se por seu preço, e quantidade sempre crescente de figuras. A expansão da linha G.I. Joe foi uma das mais agressivas na história da indústria de brinquedos.


     1991 - Pela primeira vez, após deixarem de ser produzidas em 1978, as figuras de 30 cm retornam ao mercado, em uma exclusiva venda "teste", em associação com a rede de lojas "Target". O carregamento inteiro de 25.000 peças foi vendido no primeiro dia. Também pela primeira vez, foi usada propaganda ao vivo para promover as vendas.


     1992 - Empenhando-se cada vez mais em campanhas reais, G.I. Joe lança a Drug Elimination Force (D.E.F.)(Força de Eliminação de Drogas) para o combate às drogas. Esta campanha acabou sendo levada para as escolas, para mostrar às crianças, os perigos das drogas. - As figuras de 30 cm retornam, com a coleção "Hall of Fame" (Quadro da Fama). Não sendo totalmente articuláveis, e seguindo as características dos personagens da coleção de 10 cm (Duke, Stalker, Cobra Commander e Snake-Eyes).


     1994 - A série G.I. Joe chega aos 30 anos com a celebração da "Saudação dos 30 anos G.I. Joe". As figuras de comemoração da Saudação de 30 anos foram lançadas nos dois tamanhos (10 e 30 cm). Com um forte suporte publicitário, a promoção foi um sucesso, e logo todos os estoques estavam esgotados.


     1996 - No final deste ano, as figuras G.I. Joe de 30 cm retornam à linha de brinquedos principal da Hasbro, na série G.I. Joe Classic Collection (Coleção Clássica). A nova coleção, faz uma volta às origens, e volta com características parecidas com as da coleção original de 1964: mesmo molde de corpo, figuras totalmente articuláveis e, além disso, detalhes muito mais apurados. A série alcançava agora, uma escala-modelo, muito mais realística. Ainda dentro da Coleção Clássica, a Hasbro mostra mais uma vez que a nova série será muito mais evoluída. Criando figuras baseadas em pessoas do Mundo real, verdadeiros tributos históricos (Buzz Aldrin, General Eisenhower, entre vários outros), todos em embalagem especial, pintura e vestimenta com design original e um pouco de suas histórias e missões contadas na própria embalagem. Sem dúvida, um novo caminho para adultos e crianças interagirem com suas figuras de ação.


     1997 - Após seu desaparecimento em 1994, a coleção das figuras de 10 cm faz a sua reaparição. Em pacotes exclusivos, com três figuras de ação por embalagem (e alguns novos veículos lançados), a série retorna sem muitas surpresas. Talvez, o maior lançamento do ano, tenha sido a edição especial "Stars and Stripes Forever" (Estrelas e Listas para Sempre), composta por algumas das principais figuras das primeiras coleções (Zap, Breaker, Grunt, Rock N Roll, Scarlett, Short Fuze, Snake Eyes e Stalker). - Um lançamento muito especial na coleção de 30 cm: a primeira figura de ação feminina após um período de 30 anos. Uma piloto de helicóptero nomeada "G.I. Jane" (homenagem à figura de 1967 G.I. Nurse (Enfermeira)). Esta figura, também fazia parte da Coleção Clássica.


     1999 - Na coleção de 10 cm, a série de lançamentos continua. Somando-se aos novos veículos, agora as figuras saem em pacotes duplos (com duas figuras por embalagem). Com poucas novidades reais, a série fica marcada por suas reedições (relançamento de figuras antigas), com novas cores e repinturas. A série decepciona um pouco devido à sua qualidade, mas não perde seu total valor entre os aficcionados. Com uma tiragem limitada e venda restrita a apenas algumas lojas, a coleção procura retornar entre os principais brinquedos do mercado, sem perder contato com seus fiéis colecionadores. - Na série de 30 cm, a Coleção Clássica continua com toda a força. Novas figuras são lançadas, homenageando figuras históricas famosas em todos os segmentos (Forças Armadas, Segunda Guerra Mundial, Esportes Militares, Heróis de Hollywood, etc). Além disso, é lançada a segunda figura feminina da coleção: 82nd Airborne Division (Divisão Pára-quedista).


     2001 - Dentro da coleção de 30cm, é criado uma coleção onde cada personagem, tem dois tipos de missão. Chamados Double Duty, eles vinham com dois tipos de acessórios para duas missões diferentes.


     2002 - Na coleção de 30 cm, são criadas novas figuras baseadas nas características dos personagens de 10 cm. - São relançadas algumas "aventuras" antigas para os bonecos de 30cm.


     2003 - São aproveitados muitos veículos de uma outra coleção (Action Man do inicio de 2000) e feitos novos bonecos baseados nas características dos bonecos de 10cm, para a coleção de bonecos de 30cm.


 


Joe


 


Extraído do site Brajoes

Criar um Site Grátis    |    Crear una Página Web Gratis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net